Plebe Rude homenageada na CLDF

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Na véspera do aniversário de Brasília, 21 de abril, o deputado Professor Israel Batista (PDT) fez um resgate da memória musical da cidade ao homenagear, na Câmara Legislativa, a Plebe Rude. As três décadas de carreira e 25 anos do lançamento do aclamado álbum de estréia “O concreto já rachou” – primeiro disco de ouro de uma banda brasiliense – foram comemorados com sessão solene na noite da terça-feira (19).
“Brasília se orgulha de ser o berço de tantos artistas que despontaram no cenário nacional, como a Plebe Rude. A cidade sem esquinas descobriu que, por meio da arte, poderia moldar melhor uma sociedade”, discursou Israel Batista, ao abrir a sessão. “Esta homenagem justifica-se porque a Plebe contribuiu para a criação de uma massa crítica e manteve sua atitude, mesmo pagando um alto preço, por não compactuar com as facilidades”, complementou.  
Philippe Seabra (guitarra e vocal) e André X (baixo), membros fundadores da Plebe, receberam ainda o título de Cidadão Honorário de Brasília, um reconhecimento por projetarem a cidade no cenário do rock nacional. Para André X, o mérito chegou como presente de aniversário – ele completou no mesmo dia 49 anos.
“Esta homenagem na Casa do Povo é melhor que receber um disco de ouro”, resumiu André X. “Já vivemos muitas coisas e fizemos shows em diferentes lugares, mas, sem dúvida, aqui é o lugar mais inusitado onde já tocamos”, comentou Philippe Seabra no plenário da Câmara, antes de executar as canções “A Ida” e “Até Quando Esperar”.    
Durante o evento, foi exibido o trailer do documentário Rock Brasília – A Era de Ouro, do cineasta Vladimir Carvalho, presente na ocasião. A obra, que tem estréia prevista para este primeiro semestre, destrincha a música dos anos 80 feita na capital federal e conta com depoimentos de artistas como Renato Russo e o próprio Philippe Seabra.     
A homenagem contou com a participação do deputado Cláudio Abrantes (PPS), do jornalista Marcos Pinheiro, do cineasta Erik de Castro, diretor do filme Federal, e fãs da banda.

Assessora de Comunicação
Deputado Professor Israel Batista

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: