Polícia fecha hotel usado como ponto de venda de drogas em Ceilândia.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Um hotel localizado na QNM 17, em Ceilândia, foi lacrado na noite desta
quinta-feira (21/7) após denúncias de que o local funcionava como ponto
de venda de drogas. A recepcionista Laís Duarte e o companheiro dela,
Francisco das Chagas, foram presos em flagrante no momento em que
entregavam entorpecente para um jovem de 16 anos. Apesar de negar
envolvimento no caso, o dono do estabelecimento, Orcenil Antônio, também
foi preso.

O casal morava no hotel e no quarto deles a polícia
encontrou uma caderneta com a contabilidade da droga que era vendida. A
polícia chegou até o local após inúmeras denúncias anônimas dos
moradores. A partir daí, toda a ação dos criminosos passou a ser
monitorada. A investigação durou dois meses.

O hotel foi fechado
por tempo indeterminado. Os envolvidos vão responder por associação para
o tráfico e corrupção de menores, com pena de até dez anos de prisão,
de acordo com informações do delegado adjunto, Severo Benício dos
Santos, da 24ª Delegacia de Polícia Civil.


Do CorreioWeb com informações da TV Brasília

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: