Polícia identifica suspeitos pela morte de jovem em festa na Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Dois suspeitos da morte de uma jovem na QNM 6, em Ceilândia Norte, foram identificados pela Polícia Civil. Eles estão internados, por terem sido feridos durante a ação criminosa. Fernanda Elizamar Souza de Alecrim, 25 anos, era filha de um policial militar. Ela morreu durante um tiroteio em uma festa. Na troca de tiros, outro homem ficou ferido. 

Um deles foi detido ainda no hospital, mas não foi ouvido pelos investigadores porque está sob efeito de drogas. O outro suspeito está internado em uma unidade hospitalar particular. Ele foi levado a um hospital público, mas depois foi transferido. De acordo com o delegado plantonista da 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia), Rogério Alencar, este se tornou suspeito depois de ter dado duas identificações diferentes aos funcionários dos hospitais. Há uma terceira pessoa que foi ferida no incidente, que também segue internada.


A irmã de Fernanda, Priscila Souza de Alecrim, 21 anos, disse que a vítima fatal havia saído do trabalho às 12h de terça-feira (17/6) para ver o jogo entre Brasil e México na QNM 24 e à noite foi a uma festa, depois de ter sido convidada por um amigo. Segundo Priscila, uma pessoa em uma moto teria passado e atirado contra os presentes. “Ela estava no lugar errado, na hora errada”, desabafou.

Fernanda era estudante de administração e defenderia sua tese final do curso na próxima segunda-feira (23/6), de acordo com Priscila. A vítima era filha do sargento Alecrim, do Batalhão Militar do Riacho Fundo I. A família aguarda a liberação do corpo de Fernanda para o enterro ainda na tarde de hoje.
Correio Brasiliense

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: