Polícia prende assassino de taxista e GDF se solidariza.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, prestou solidariedade à família do taxista Josias Horácio da Silva Sousa, de 54 anos, morto no último domingo (26), no Lago Sul, e a toda a categoria dos taxistas. Ele destacou que o plano de Segurança Pública do GDF, Ação Pela Vida, está coibindo crimes como esse.
“Da parte do governo, estamos muito sentidos com esse episódio. Vamos intensificar todas as medidas de Segurança Pública, porque diz respeito a toda a sociedade, para cada vez diminuir o número de homicídios na nossa cidade”, reforçou Agnelo Queiroz.
O governador reafirmou seu compromisso com a Segurança Pública: “Determinamos uma apuração, que já resultou na prisão de um dos membros do grupo e já identificou os autores do crime. Isso mostra uma ação efetiva e rápida do trabalho do governo”.
A polícia prendeu, na noite de ontem, José Gustavo Medeiros de Sousa, suspeito de ser um dos criminosos que assinaram o taxista com um golpe de faca no peito. José Gustavo foi encontrado em casa, na Cidade Ocidental (GO), e encaminhado para a 10ª Delegacia de Polícia (Lago Sul), que investigava o caso. Ele irá responder pelo crime de latrocínio – roubo seguido de morte. Se condenado, pode pegar de 20 a 30 anos de prisão. A polícia ainda procura o outro suspeito. “O criminoso pode ter uma certeza: ele será pego”, finalizou o governador Agnelo Queiroz.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: