Polícia prende motoqueiro acusado de estuprar mais de 20 mulheres em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Polícia Civil prendeu, na tarde desta segunda-feira (6/6), um motoqueiro de 39 anos que aterrorizava mulheres em Ceilândia há pelo menos dois anos. Desde 2014 os investigadores tentavam encontrar o suspeito, acusado de estuprar ao menos 24 mulheres. Identificado como Paulo Roberto dos Santos Alves, ele trabalha como motorista de ônibus e foi detido no local de trabalho.


Todas as vítimas relataram aos policiais um mesmo padrão de abordagem. Em uma moto e com roupas pretas, Paulo Roberto as parava para perguntar a localização de um endereço. Quando as mulheres se aproximavam, ele as pegava pela gola e as obrigava a fazer sexo oral. O agressor usava um martelo para ameaçar as vítimas e fingia estar armado.
Paulo Roberto alegou aos policiais que usava drogas e passava por problemas, então não lembrava do que fazia quando estava sob o efeito de entorpecentes.


A polícia chegou ao suspeito por meio de relatos de vítimas — a mais nova tinha apenas 16 anos —, um retrato-falado e pela placa da moto utilizada por Paulo Roberto.

Paulo Roberto é casado, tem filhos e é morador de Ceilândia. Se for condenado por todos os crimes descobertos até agora, ele pode pegar mais de 150 anos de prisão.


*Informações Metrópoles

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: