População aproveita primeiro dia de café da manhã no restaurante comunitário do setor QNR de Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


[Agência Brasília] Um pão com manteiga, uma caneca de café com leite sem açúcar para não ganhar peso e uma banana fresca. Assim ficou a bandeja do militar da reserva Deocleciano Oliveira, de 62 anos. O morador de Ceilândia foi o primeiro cliente a se servir do café da manhã no Restaurante Comunitário do setor QNR em Ceilândia nesta quarta-feira (23). “Comida boa, barata e de qualidade”, avaliou. “Almoço aqui diariamente há mais de seis meses e, a partir de agora, vou acordar cedo para pegar o café bem quente.”

Nesta manhã, foram vendidos cerca de 90 pratos. A expectativa é que esse número aumente nos próximos dias, quando a novidade começar a se espalhar pelo setor habitacional. A capacidade da unidade é servir 1,5 mil pessoas diariamente.
O operador de telecomunicações Joerte dos Santos Silva, de 38 anos, economizou R$ 7 hoje. Ele foi com o filho Kaleb, de 9 anos, tomar o café da manhã. “Nós dois comemos e gastamos R$ 1. Diariamente, são R$ 8 na padaria”, comparou. Para que o cidadão possa pagar R$ 0,50 pela refeição matinal, o governo de Brasília arca com o subsídio de R$ 1,11 por pessoa.
O preço da refeição é R$ 0,50 para todos os clientes, e o horário de atendimento, das 6h30 às 8 horas, de segunda-feira a sábado. O novo serviço começou hoje na unidade que fica na Quadra QNR 1, Área Especial 2. Ela é a primeira a oferecer a refeição matinal.
O cardápio nos próximos dias contará sempre com um item de panificação, leite, café e uma fruta. Assim como no almoço, o cidadão pega sua bandeja e se serve com o auxílio dos funcionários.
*Agência Brasília, com adaptação.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: