População aproveita reabertura das cinco Agências do Trabalhador

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A população de Santa Maria, Recanto das Emas, Sobradinho, Ceilândia (Setor P Sul) e Samambaia aproveitou a reabertura das cinco Agências do Trabalhador, nesta manhã de quarta-feira (9/2), localizadas nas regiões para emitir carteiras de trabalho, retirar o seguro-desemprego e consultar vagas de trabalho. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, a abertura dos postos deixa o movimento intenso, mas não há filas e nem tumultos.

Em Samambaia, por exemplo, muitas pessoas decidiram ir para a porta da agência mais cedo. Por esse motivo, o órgão informou que o posto abriu antes mesmo das 8h. No Recanto das Emas a situação também foi parecida.

Com a reabertura das cinco agências, o Distrito Federal passa a contar com nove postos de atendimento ao trabalhador. Segundo o órgão, isso equivale ao atendimento de 90% da demanda. Anteriormente, apenas quatro estavam funcionando – dois no Plano Piloto, incluindo a Agência do Autônomo, em Taguatinga e Ceilândia. O atendimento sofreu redução por conta da exoneração dos comissionados do Executivo no início deste ano – só das agências 284 funcionários foram dispensados.

Já as outras agências devem reabrir gradativamente. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Trabalho, as mais procuradas já foram abertas e as outras vão abrir mais devagar respeitando as necessidades de cada posto – alguns precisam de reformas nas estruturas e de implantação de acessibilidade.

Atendimento
Em dezembro de 2010, as cinco agências juntas – Recanto das Emas, Santa Maria, P Sul, Samambaia e Sobradinho – atenderam mais de 9 mil pessoas. Só em Samambaia, que teve o maior número de atendimentos, o valor atingiu 2.245. Das cinco, o P Sul teve o menor índice alcançando 1.579 atendimentos.

Durante o mês de janeiro deste ano, em que apenas as quatro agências estiveram funcionando no DF, 9.643 atendimentos foram realizados nos postos. O número é menor do que em dezembro de 2010, nas mesmas agências, que atingiram 11.200. Mesmo assim, o órgão explica que os números demonstram que o atendimento não foi tão prejudicado. Em Taguatinga, por exemplo, o número aumentou 4.233 pessoas foram atendidas em janeiro, enquanto em dezembro o número foi de 3,4 mil. E nas outras, mesmo com menos profissionais os números não caíram tanto, no Plano Piloto de 4 mil atendimentos em dezembro para 2.950 e em Ceilândia de 3,8 mil para 2.460.

Confira os postos
As agências funcionam de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

Santa Maria: QCE 211, Galpão Cultural (ao lado da Administração Regional)

Recanto das Emas: Quadra 205, Lotes 101/102

Sobradinho: Quadra 8, Área Especial 3 (ao lado da Emater)

P Sul: EQNP 26/30, Bloco G, Loja 5, Avenida P3

Samambaia: QN 303, Conjunto 1, Lote 3

Plano Piloto: SCN, Quadra 1, Bloco D, Galeria Oeste (antigo Sine)

Taguatinga: Setor Hoteleiro Sul, Projeção A, Edifício German, Subsolo — Taguatinga Sul

Ceilândia: EQNM 18/20, Bloco B, Lojas 01/05, Praça do Cidadão, Ceilândia Norte (ao lado do Procon)



Correio Braziliense

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: