Projetos na Ceilândia executados pela SEJUV recebe prêmios.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
A Secretaria foi reconhecida na 2ª edição do Prêmio Hip Hop Zumbi, com ações e projetos de impacto social e político no Distrito Federal.

A Secretaria de Estado da Juventude foi duplamente premiada na 2ª edição do Prêmio Hip Hop Zumbi – Edição Dandara 2011. A entrega dos troféus aconteceu no último domingo (20/11), no Museu Nacional, com o objetivo de reconhecer e fortalecer o talento da população do DF e entorno. O quesito principal de avaliação foi o impacto social e político da obra na comunidade e no movimento Hip Hop, além da qualidade artística. A Secretaria concorria aos prêmios com ações e projetos desenvolvidos durante o primeiro ano de governo, voltados à arte, cultura, música e ressocialização de jovens em cumprimento de medidas socioeducativas.

O projeto Roda de Rap, organizado pelo rapper Japão, do grupo Viela 17, e com apoio e parceria da Secretaria da Juventude, foi reconhecido na categoria “Multiplicação da Revolução”. O trabalho está sendo realizado com centenas de jovens das unidades do CAJE, CIAP e CIAGO desde julho deste ano. O objetivo principal do projeto é proporcionar um espaço de reflexão sobre o envolvimento do jovem com o ato infracional, visualizando novas perspectivas de vida, além de permitir o desenvolvimento profissional através do rap, grafite e da produção audiovisual por meio de oficinas nas unidades.
O projeto Pra Ficar de Boa, na antiga cracolândia da cidade de Ceilândia, Castelo de Grayskull, foi organizado pela Secretaria da Juventude, com apoio de vários artistas locais. O reconhecimento no Prêmio Hip Hop Zumbi veio na categoria “Melhor Artista de Grafite”, com o trabalho do artista Satão, responsável pela atividade de grafite no projeto. O objetivo principal do Pra Ficar de Boa é promover ações em torno da temática de combate ao uso de drogas, o combate à violência, além da implementação de políticas públicas de juventude.

Foram premiados trabalhos lançados dentre outubro de 2010 a outubro de 2011. No mês de novembro houve votação popular pela internet, além do júri técnico, que analisou as inscrições e os pré-requisitos para concorrer aos troféus. O Prêmio Hip Hop Zumbi 2011 foi acompanhado desde o início pelo Ministério da Cultura; Caixa Seguros e ONU – UNODC.

Sejuv.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: