Pronatec em Águas Lindas.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Mais de 700 pessoas serão capacitadas até dezembro.

Nem mesmo o forte frio que fez na manhã da última segunda-feira (21.05), espantou alunos e curiosos que fizeram questão de participar da aula inaugural de apresentação e instalação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) em Águas Lindas de Goiás.

A solenidade aconteceu no estacionamento principal da Prefeitura Municipal e teve a participação do prefeito Geraldo Messias, da primeira dama e secretária de Ação Social, Cidadania e Trabalho, Luzia de Fátima, do coordenador do programa no município, Pedro Paulo Tolentino e de Wilson de Paula e Silva, representante da Faculdade de Tecnologia SENAI Roberto Mange de Anápolis (GO), entidade responsável por ministrar os cursos que, até o final do ano, serão realizados na municipalidade.
A previsão é de que, até dezembro, mais de 700 pessoas entre homens, mulheres e adolescentes, com idades acima dos 16 anos sejam capacitadas e certificadas como Operador de Computação; Auxiliar Administrativo e/ou Recepcionista. O curso de computação será oferecido nos três turnos (matutino, vespertino e noturno) e os de Auxiliar Administração e de Recepcionista, apenas matutino e vespertino. Todos têm a carga horária diária de 4h e a duração será de dois meses.
O curso de Operador de Computação será ministrado na unidade móvel do SENAI, localizada no pátio da Prefeitura Municipal. Já os de Auxiliar Administrativo e de Recepcionista, nas três unidades dos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) existentes na cidade. Para Operador de Computação são oferecidas 14 vagas para cada turma e os de Auxiliar Administrativo e Recepcionista, 50 vagas por turma. Neste primeiro momento, no total são 242 vagas. Até o final do ano, mais 484 vagas serão oferecidas.
 “Isto é excelente para Águas Lindas. Significa mão-de-obra qualificada para o nosso povo”, disse o prefeito Geraldo Messias. Conforme ele, tentar o ingresso no mercado de trabalho com certificação é meio caminho andado, já que, com a proximidade da realização da Copa do Mundo, o setor vai estar superaquecido e todos terão o encaminhamento do SENAI.
A dona-de-casa Elvira Martins do Nascimento, 53 anos, viu na oportunidade a realização de um sonho acalentado há anos. Com a esperança de ser absorvida no mercado de trabalho, finalmente agora ela vai aprender a mexer em um computador. “Eu sempre quis fazer um curso, mas o dinheiro nunca deu”, resigna-se ela.
De acordo com o coordenador do programa, Pedro Paulo, assim como a Elvira Martins, todos os participantes dos cursos vão ganhar R$ 4,00 por dia, para ajudar no transporte ou lanche. Os valores, cerca de R$ 100,00, serão depositados no final do mês estudado e as faltas serão descontadas dos estudantes.
“O programa é uma oportunidade excelente de se ter um ofício. Representa mais aguaslindenses qualificados e certificados”, afirmou a primeira dama e secretária de Ação Social, Cidadania e Trabalho, Luzia de Fátima.
O Pronatec – Foi criado em 26 de outubro de 2011, com a sanção da Lei nº 12.513 pela Presidenta Dilma Rousseff. O programa visa expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de Educação Profissional e Tecnológica (EPT) para toda a população brasileira e, também, uma série de subprogramas, projetos e ações de assistência técnica e financeira. A previsão é que até 2014, o Programa gere oito milhões de novas oportunidades de formação profissional.
Blog do GBU

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: