PSD em risco de encolher.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Os dias da ampla base do PSD na Câmara Legislativa podem estar contados. É o que afirma a deputada Celina Leão (PSD). De acordo com a distrital e líder da legenda na Casa, o motivo seria o constrangimento causado pela indiferença do partido para com ela e a deputada Eliana Pedrosa (PSD) que recebeu, ontem, uma visita dos presidentes nacional e regional do partido, Gilberto Kassab e Rogério Rosso. A distrital afirma ainda que a insatisfação com a legenda já chegou ao distrital Washington Mesquita e que os três estudam propostas de outros partidos.

Celina conta que os parlamentares que compõe a base do partido dentro da Câmara não têm sido atendidos pela direção local nem o diretório nacional. “Tanto eu, quanto a deputada Eliana Pedrosa temos enviados ofícios que nunca foram respondidos.

Como líder do partido, eu acredito que tem que haver um diálogo, pois não conheço sequer o programa do partido para o Distrito Federal”, reclama Celina.

Segundo a distrital, a possível saída dos parlamentares anunciarão oficialmente em agosto.
Desconhecimento
O presidente regional da legenda, Rogério Rosso, assegura que desconhece o desejo de saída dos distritais e negou que a visita à Eliana Pedrosa tenha haver com o descontentamento da parlamentar. “Essa visita estava pré-agendada pelo presidente Kassab, que tem tido várias agendas em Brasília. Assim que eu tiver conhecimento sobre o assunto vou buscar promover encontros com o intuito de buscar a coletividade”, diz Rosso.
Eliana confirma que esteve aborrecida com o partido, após a vinculação da propaganda, mas nega que Kassab tenha ido contornar uma crise. “Ficamos aborrecidos, mas a visita dele foi para demonstrar que somos importantes para o partido”, afirma Eliana. “Por ora, não saio do PSD. Há muitas conversas políticas e eu tenho pretensões a cargos majoritários, por isso pretendo continuar no PSD”.
Destinos
Celina afirma que a executiva nacional pediu a ela 15 dias, para apresentar um programa para o DF.  Apesar disso, Leão ainda não descartou sua saída: “Ainda vou decidir, mas posso voltar para o PMN, sem prejuízos, por ter sido eleita por ele, ou ainda para o PPS”.
Imagina-se que Eliana possa estar de saída para o PSDB.


Informações do clicabrasilia.com.br

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: