PSDB dá ultimato para tucanos deixarem cargos no GDF.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Os tucanos do Distrito Federal com cargos em comissão no Executivo local têm até hoje para comunicarem a desfiliação do partido ou deixarem o emprego. O ultimato foi divulgado por meio da Resolução nº 1/2011 da Comissão Executiva Regional do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB-DF). A cúpula local da legenda se reuniu, na última quinta-feira, para decidir os rumos da atuação política dos filiados na administração petista. Além de declarar oposição a Agnelo Queiroz (PT), a Executiva decidiu banir dos quadros qualquer dissidente.

Parte dos tucanos trabalhava pelo embarque da sigla na atual gestão para conquistar espaços políticos importantes. A fim de cessar com as especulações, o presidente regional do PSDB, Márcio Machado, convocou a reunião. “Foi preciso tomar uma decisão pública para estancar as notícias de que o partido estava analisando a aproximação com o governo. Nós não fomos convidados para fazer parte nem estávamos discutindo isso, que era praticamente impossível”, argumenta. 

Entretanto, interlocutores do Partido dos Trabalhadores iniciaram contato com o ex-adversários a fim de levá-los para a base. Em entrevista ao Correio, o secretário de Governo, Paulo Tadeu (PT), não negou as conversas com os tucanos e disse ser possível negociar com todos que quiserem participar da reconstrução do DF. Um dos cenários seria a ida do único distrital da legenda, Washington Mesquita (PSDB), para o primeiro escalão. Assim, haveria oportunidades para os ex-deputados Milton Barbosa e Raimundo Ribeiro voltarem à Câmara Legislativa. O trio, no entanto, nega qualquer tipo de contato. 

Antes do encontro, Machado telefonou para o presidente nacional do partido, Sérgio Guerra, para comunicar o encaminhamento que seria dado ao caso. Na reunião, foram determinadas duas medidas. A primeira foi declarar que o PSDB-DF é oposição e “que manterá fiscalização permanente dos atos do atual Governo do DF”. A outra trata da expulsão sumária de quem decidir permanecer na administração.

A sanção pode ser aplicada à empresária e pastora Sandra Faraj. Ela concorreu nas eleições passadas a uma vaga de deputada distrital pelo PSDB, obtendo 11.091 votos. No dia 2 deste mês, ela foi nomeada subsecretária de Articulação Política, cargo da Secretaria do Entorno. “Espero ser comunicada oficialmente dessa decisão, que está fora dos padrões jurídicos”, contesta. A tucana alega que a desfiliação não pode ocorrer sumariamente.

Sandra ingressou no partido em 2 de outubro de 2009. Desde então, ela afirma que a sigla tomou rumos diferentes do previsto, principalmente, quando decidiu apoiar Joaquim Roriz (PSC) na disputa pelo Palácio do Buriti. “Eu não traí ninguém, porque não existia essa possibilidade de apoiá-lo (Roriz) e acabaram nos obrigando a engoli-lo. Agora, determinam que tem de ser oposição enquanto a metade do partido quer ser governo”, critica. 

Estatuto
Machado afirma que o posicionamento da sigla era previsível. Na reunião, houve discordância apenas sobre a possibilidade de desfiliação, mas a divergência acabou vencida. Segundo o presidente, o estatuto do partido abre margem para esse tipo de medida, que passa a ser possível com a divulgação da resolução. 

Salviano Guimarães, que foi o primeiro presidente da Câmara Legislativa (CLDF), deixou o partido no fim do ano passado, após 16 anos de militância. Ele tentou, sem sucesso, se licenciar do PSDB para apoiar Agnelo nas eleições de 2010. “Empurraram o meu pedido com a barriga e nunca me deram uma resposta. Não sabiam o que fazer comigo”, avalia. Para acabar com o imbróglio, ele enviou a carta de desfiliação ao presidente da sigla e ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF). No início do ano, o ex-tucano acabou sendo recompensado com a nomeação para a coordenação da Assessoria Internacional do GDF. “O PSDB está correto, porque perdeu a eleição e agora tem de ser oposição. Democracia é assim mesmo.”/



Correio Braziliense.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: