PT: Articulação Unidade na Luta realiza primeira conferência regional.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A primeira conferência regional da Articulação Unidade na Luta, a maior corrente interna do Partido dos Trabalhadores, que tem como integrante o presidente Lula, a presidenta Dilma Rousseff, e o ex-ministro José Dirceu, e aqui no DF, o deputado distrital, Chico Vigilante, e a deputada federal Érika Kokay, entre muitos outros teve inicio na noite dessa sexta-feira (9), no auditório da Câmara Legislativa, com a presença de mais de 300 militantes do partido. Compuseram a mesa, o deputado Chico Vigilante, líder do Bloco PT/PRB; deputada federal, Érika Kokay; representante da Juventude do PT, Iara Cordeiro, presidente do BRB, Jaques Penna; secretário de Organização Nacional da CUT, Jacy Afonso, presidente da CUT-DF, Rodrigo Brito, e do secretário Nacional de Organização do PT, Paulo Frateschi, convidado especial da noite.

Para os participantes a conferência representa mais um passo que a corrente dá no sentido de crescer no debate político no cenário local e nacional, sendo esta uma das principais características da militância petista, o debate. A reunião abriu espaço ainda para discutir os rumos do Governo do Distrito Federal e o Governo Federal e principalmente o saldo das eleições municipais, com o segundo turno agora em outubro. O diagnóstico é que apesar do bombardeio de grande parte da mídia por conta do julgamento do processo 470, batizado de mensalão, o resultado veio nas urnas: o PT foi o partido mais votado nessas eleições. 

Para o deputado Chico Vigilante o que está havendo é o que chama de “judicialização da política”. “Essa conferência se dá num momento extremamente difícil da nossa vida partidária”, argumentou. “É duro para nós quem viemos de longe, de uma longa e árdua caminhada, depois de ter enfrentado o processo cruel da ditadura, de ter visto companheiros assassinados ao longo do caminho, assistir o que estão fazendo com a gente”, desabafou.

Chico disse ainda que não imaginava que num processo de democracia, fariam o que estão fazendo com o PT neste momento. “Um ataque cruel, uma tentativa de golpe político”, definiu. Por conta disso, analisa Chico, o partido precisa reagir imediatamente. “Esta conferência foi organizada neste sentido”, ressaltou. 

Segundo Vigilante, desde 2005 a Direita tenta ganhar do PT, mas no voto não consegue e então buscaram a ajuda da Justiça. “E o que é pior, encontraram”, disse, se referindo ao julgamento político estabelecido no processo 470, que julgou e condenou o ex-ministro José Dirceu, José Genoíno, Delúbio Soares, e outros. “E com o apoio de uma grande parcela da grande mídia descompromissada com a informação verdadeira”, afirma Chico.

O parlamentar muito emocionado leu um artigo escrito pelo escritor e poeta baiano, Lula Marques, colunista do site 247, com o título de “mostre as algemas Zé”. (leia artigo na íntegra abaixo).  O conteúdo do artigo lido de maneira pontuada por Vigilante acalorou a militância presente, que reagiu com aplausos entusiasmados em evidente apoio a Dirceu e os demais companheiros condenados pelo Supremo Tribunal Federal.

Paulo Frateschi, secretário Nacional de Organização do PT, observou que a Articulação Unidade na Luta tem um papel na História política do país bastante forte e que ela se confunde com a do próprio partido. E citou o movimento 113 que deu origem à Articulação como sendo um dos debates de várias causas, mas que o PT soube trilhar o caminho certo naquele momento como um partido estratégico. Segundo ele, o PT percebeu naquele momento que tinha que lutar contra a intervenção do neoliberalismo no Brasil,q eu ocorreu primeiro em outros países da América Latina. 

“E mais uma vez esta corrente tem uma responsabilidade imensa. No Brasil inteiro nunca se criticou tanto a gente como acontece agora”, E relembrou os vários ataques sofridos ao longo dos anos de luta e combate pela velha Direita conservadora com o apoio da grande mídia. Mas foi enfático:Para ele, apesar dos ataques, o PT atravessa um momento de consolidação contínuo, mas precisa estar atento para continuar avançando. 

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: