Quadrilha que expulsava famílias de casa para vender terras é presa em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Uma série de crimes faz parte do histórico de uma quadrilha que mora no Sol Nascente, em Ceilândia. Os criminosos, segundo a investigação da 19ª Delegacia de Polícia de Ceilândia, cometeram grilagem de terras, extorsão, tráfico de drogas e homicídio em um período de dois anos. Dois deles forma presos nesta quinta-feira (21/1).

O delegado-chefe da 19ª, Fernando Fernandes, conta que o grupo  era composto pelo pai e os dois filhos, de 18 e 20 anos. Um dos jovens ainda está foragido.
Eles agiam de forma extremamente violenta. “Expulsavam as famílias dos lotes e vendiam as terras. As vítimas eram mantidas sob constante ameaça, os principais alvos eram mulheres e idosos”, explica.
Cerca de 30 agentes participaram da ação, que teve início às 6h desta quinta. A operação foi batizada de “caçador”. Ainda segundo o delegado, em 31 de dezembro do ano passado, a família matou um rival do grupo. À época, alguns suspeitos foram detidos.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: