Radioamador é preso por interferir nas frequências das polícias.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Com um trabalho similar a uma investigação policial, Radioamadores de Brasília conseguiram rastrear e localizar na SQS 406, bloco D, apto. 206, Cláudio de Sousa Cavalcante, 32 anos, Radioamador, credenciado pela Anatel, que, de forma irregular, entrava na frequência de outros colegas de hobby, ou da Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.


O acusado invadia as frequências com o codinome de bactéria, decorava o nome dos radioamadores e de seus familiares, fazia ameaças, falava diversos palavrões, colocava o áudio de fitas pornográficas e os desafiava dizendo que nunca seria encontrado.

Cláudio Cavalcante não trabalha, não estuda e é sustentado pela sua avó e tutora, Raimunda de Sousa Cavalcante. 

Ela explicou aos policiais que não sabia o que o neto fazia trancado dentro do quarto o dia inteiro.

Para se tornar um radioamador, Cláudio fez o teste de credenciamento da Anatel em abril do ano passado.


Ubirajara da Silva Pinto, fiscal da Anatel que acompanhou toda a operação,disse que a primeira providência a ser tomada é o cancelamento da credencial dele.

Cláudio alegou que tem problemas mentais e fazia esse tipo de brincadeira apenas para se divertir.

“Não imaginava eles fossem me pegar. 

Eu estava só brincando”, explicou.

Alguns amigos de infância e vizinhos ficaram surpresos com a prisão. 

Pedro Lira, vizinho de porta do rapaz, disse que ele é normal e não suspeitou de nenhuma atitude estranha do vizinho.

O rapaz foi levado para a 1º DP, onde teve o equipamento apreendido, foi interrogado e depois liberado já que não tinha passagem pela polícia.

Ele responderá em liberdade a inquérito de violação de comunicação, com pena de um a três anos de prisão.
Fonte: Facebook

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: