Reforma de centro de saúde é retomada em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Com as
atividades paradas há mais de um ano, a reforma do Centro de Saúde 11 de
Ceilândia foi retomada. Na manhã desta quinta-feira (17), a visita do
secretário de Saúde, Fábio Gondim, marcou o início das obras no espaço,
previsto para ser entregue à população no segundo semestre de 2016



“Apesar de esse ano ter sido muito difícil, nos esforçamos para viabilizar
essa reivindicação antiga da comunidade”, ressaltou o gestor da pasta ao
informar que será investido nesse serviço um total de R$ 1.345.135,72.



Diante da novidade, a comunidade comemorou: “Hoje presenciamos o plantio
de uma flor no jardim de Ceilândia”, disse emocionado um dos moradores
mais antigos da expansão do Setor O, João Lopes Nogueira, que completa 70 anos
nesse sábado (19). Ele afirmou que não há melhor presente de aniversário.



O apoio da Câmara Legislativa do DF, na figura da deputada Luzia de Paula,
presente no ato, foi destacada por Fábio Gondim como essencial para a
reabertura de centro. “Tínhamos um lista de obras que precisávamos dar
andamento, mas fiz questão de apontar essa como prioridade”, disse a
parlamentar, que confessou ter levado vários “puxões de orelha” do
senhor João Nogueira e comunidade para a retomada das obras.



Durante a reforma, os pacientes continuarão a ser atendidos no Centro de Saúde
7, que agregou os profissionais que atuavam no 11, exceto os de odontologia,
que foram direcionados às demais unidades básicas da região. Antes da reforma,
87 servidores eram lotados na unidade.


DADOS – O Centro 11 possui área construída de 1.537
m², onde eram atendidos 2,7 mil pessoas por mês. O local possuía pediatria,
clínica médica, ginecologia e odontologia, com um Centro de Especialidades
Odontológicas (CEO). Fábio Gondim se comprometeu a analisar a possibilidade de
ampliar essa gama de especialidades, inclusive na área de cardiologia.



No total, já foram executados 13,75% do serviço, que inclui reforma do piso,
das partes elétrica e hidráulica, esquadrias e modificações de layout. Também
irão passar por manutenção as redes de esgoto, águas pluviais e a cobertura da
unidade.


HISTÓRICO – A reforma do Centro de Saúde 11 começou em
março de 2014 e foi paralisada em setembro do ano corrente por falta de
recursos.



Agência Brasília

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: