Renovação e otimismo: Ceilândia se apresenta com novas caras para buscar terceiro título do Campeonato Candango

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Por Marcos Eduardo Pereira – JBr. Bicampeão candango e uma das principais forças do DF, o Ceilândia se apresentou ontem para a disputa do Candangão-2014. Para a próxima temporada, o Gato Preto resolveu renovar o elenco, mantendo poucos jogadores que estavam no clube nos últimos anos. 
Dos jogadores que atuaram neste ano, apenas o zagueiro Badhuga, os meias Allan Delon, Elvis, Allison Pupu e o atacante Cassius permaneceram. Em compensação, alguns nomes que tiveram boa passagem pelo clube recentemente, como o goleiro Pedro Ferreira e  o volante Goeber, retornaram. 

“Fico muito feliz de voltar para minha casa. Fui criado na Ceilândia e minha família ainda mora aqui.Estão montando um grande elenco para a disputa do campeonato do ano que vem”, comentou o volante, que teve sua última passagem pelo  Gato em 2011.
 Outros se destacaram no futebol local, como o atacante ex-Gama Gilmar Herê e o meia  Tiaguinho, que já defendeu  o Periquito duas  vezes e também o Brasiliense. 
“É bom estar de volta à cidade para desta vez atuar nesta grande equipe, que, inclusive, tirou um título meu em 2010 (defendia o Brasiliense). Temos um grande treinador e um excelente projeto. Acredito que tem tudo para dar certo no ano que vem”, comenta Tiaguinho.
No comando da equipe há dois anos, Adelson de Almeida foi um dos responsáveis pela reformulação do grupo. O comandante  acredita que a mudança fará bem ao clube. 
“Precisávamos dessa mudança no plantel, pois nos últimos três anos o elenco era basicamente o mesmo. Precisávamos oxigenar o grupo e trazer jogadores com vontade de respirar novos ares. Jogadores rodados que já ganharam títulos por onde passaram, jogadores com pedigree”, avalia o técnico. 
PARCERIA ROMPIDA
Em 2012, Allan Delon, Cassius e Dimba formaram o ataque centenário – por terem mais de 30 anos de idade – que levou o Ceilândia ao seu segundo título candango. 
Dimba, porém, trocou o Gato pelo Sobradinho, interrompendo a parceria. Amigo do atacante falastrão,  Cassius acredita que ele  fará falta. 
“Sempre vai fazer falta. Trata-se de um grande atacante do Brasil. Ele ganhou os dois títulos conosco, mas procurou o que foi melhor para ele. Mesmo assim o Ceilândia procurou suprir bem essa ausência”,acredita.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: