Restaurantes comunitários de Ceilândia serão reabertos a partir desta terça-feira (12)

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


Os Restaurantes Comunitários de Ceilândia Centro, do Gama, do Sol
Nascente (Ceilândia) e de Sobradinho, fechados desde 14 de novembro após
rescisão de contrato da Cozisul Alimentação — até então a empresa responsável
pelos espaços —, serão reabertos a partir desta terça-feira (12).

As empresas Siga (Ceilândia Centro), Vogue (Gama), Kadu (QNR) e
Sabor Essencial (Sobradinho) venceram a licitação emergencial e passam a
administrar os restaurantes.

Os contratos são de máximo seis meses, até sair o resultado da
licitação definitiva — já iniciada —, que definirá acordos de um ano,
renováveis pelo mesmo período até mais quatro anos.

Dias
da reabertura dos restaurantes comunitários

O Restaurante Comunitário de Ceilândia Centro será aberto nesta terça
(12); o do Gama, na quarta (13); o da QNR, na quinta (14); e o de
Sobradinho, na segunda (18).

O objetivo desses locais é garantir aos cidadãos em situação de
vulnerabilidade social o acesso à alimentação adequada por preços acessíveis.

almoço custa R$ 1 para os inscritos
no Cadastr
o Único (CadÚnico) do governo de Brasília que
integrem famílias com renda mensal de até R$ 2.811 (o equivalente a três
salários mínimos) ou de até R$ 440 per capita.
Pessoas que não se enquadram nesses perfis pagam R$ 2.

O governo complementa o valor. De acordo com a Secretaria do Trabalho,
Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, o
subsídio é de, em média, R$ 4,80 por prato. Desde novembro de 2016, o Restaurante
Comunitário na QNR passou a oferecer também o café da manhã a R$ 1
,
das 6h30 às 8 horas.

Para se inscrever no CadÚnico, é preciso ligar para o telefone 156 e
marcar atendimento em um dos centros de referência e assistência social (Cras).

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: