Rollemberg entrega escrituras a moradores de becos e ouve demanda de empresários em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

[Agência Brasília] Moradores de lotes em becos
nos setores P. Sul e P. Norte, em Ceilândia, agora são legalmente donos da casa
que moram há cerca de 30 anos. Na manhã deste sábado (27), no Ginásio de
esportes da QNN 16, 800 escrituras públicas desses lotes foram entregues às
famílias. A ação faz parte do programa Habita Brasília, por meio
do Lote Legal, que proporciona moradia digna aos cidadãos, considerando o
planejamento das cidades e o combate à grilagem.

A partir de agora, os
moradores terão a segurança jurídica da propriedade de suas casas. “Com isso,
garantimos a regularização fundiária, para que as regiões possam crescer de
maneira ordenada”, disse ogovernador de Brasília,
Rodrigo Rollemberg. “Desde o início da gestão, já são 17 mil
escrituras entregues”, complementou.

A regularização fundiária é
uma das frentes de atuação do Habita Brasília. Desde o início do ano, o governo
local entregou 6.131 escrituras. Apenas na semana passada, 1.006 famílias foram
contempladas na Estrutural. Para o início do próximo mês, cerca de 500 serão
beneficiadas com o documento em São Sebastião.

Morador há cinco anos da QNN
22, o técnico em radiologia Jobson Cássio dos Santos, de 33 anos, destacou que
não podia pegar financiamento algum para reformar a casa, mas agora já faz planos.
“É pegar o projeto e começar a investir na melhoria daquilo que é meu de fato e
por direito”, comentou. Já a aposentada Maria Rosa de Jesus, de 64 anos, também
de Ceilândia Norte, não fala em reforma, mas em tranquilidade. “O momento agora
é de agradecer. Nada paga essa paz. Há 10 anos eu luto por esse documento”,
comemorou.

Ainda na solenidade de entrega
das escrituras, o governador destacou as diversas benfeitorias levadas à
região, como as obras de infraestrutura no Setor Habitacional Sol Nascente.

Rollemberg enfatizou que segue
vigilante sobre a questão da saúde e falou do projeto para contratação das organizações
sociais, encaminhado à Câmara Legislativa. “O nosso objetivo é melhorar o
atendimento para a população”, diz. “Esse modelo de gestão pode garantir que o
cidadão chegue à unidade de saúde a qualquer hora e receba o cuidado que
precisa”, completa. Ele assegurou aos profissionais da área que essa
metodologia não muda em nada o modo de trabalho nas unidades.
Rollemberg ouve demanda de
empresários de Ceilândia

Antes da solenidade, o
governador tomou café da manhã com empresários do ramo de concessionárias de
Ceilândia. Durante o encontro, ele ouviu várias reivindicações da classe, como
flexibilização da autorização para que possam realizar feirões de veículos na
região.

“Esses eventos vão além da
venda de automóveis. São verdadeiras feiras de negócios que movimentam e
aquecem a economia local”, ressaltou o governador, que garantiu entrar em
contato com sua assessoria jurídica para verificar a possibilidade.

Durante as atividades desta
manhã, participaram os secretários de Infraestrutura e Serviços Públicos,
Antônio Coimbra; e de Gestão do Território e Habitação, Thiago de Andrade; o
diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do
Distrito Federal (Codhab), Gilson Paranhos; o
diretor-presidente da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do
Brasil (Novacap), Júlio Menegotto; o comandante-geral da Polícia
Militar do Distrito Federal (PMDF), coronel Marcos Antônio
Nunes de Oliveira; o administrador de Ceilândia, Vilson José de Oliveira;
os deputados distritais Luzia de Paula (PSB) e Rodrigo Dalmasso (PTN); e o
chefe da Casa Militar do Distrito Federal,
Claudio Coronel Ribas.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: