Roriz e Filippelli juntos mais uma vez.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Voltaram a se encontrar o vice-governador Tadeu Filippelli e o ex-governador Joaquim Roriz. De novo em um espaço público. Foi durante o funeral do cunhado de Roriz, William Jorge Peres, irmão mais velho de dona Weslian, no Campo da Esperança. Como seria inevitável, houve quem traçasse um paralelo com o encontro entre ambos na Catedral de Brasília durante uma missa de ordenação de bispo. Só que, daquela vez, o encontro foi relativamente rápido, apenas um cumprimento e algumas palavras após longo período de separação. Desta vez, embora teoricamente casual, levou a uma conversa bem mais longa.
Continuidade, a missão

Mais importante, o encontro de ontem terá consequências. Tanto do lado de Roriz quanto do vice-governador há quem tenha recebido a missão de dar continuidade ao encontro. 
Providência divina
Só pode ser coincidência. Cada vez que a relação entre Filippelli e o governador Agnelo Queiroz entra em queda livre, o vice e o ex-governador Roriz se encontram casualmente em espaços públicos. Inclusive, locais sagrados, como a Catedral de Brasília e o Campo da Esperança. Existe um aforismo segundo o qual a palavra coincidência é como os ateus e agnósticos chamam a providência divina. 

Por Eduardo Brito / Jornal de Brasília

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: