Rosso para distrital

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Nesta semana noticiei que o ex-governador Rogério Rosso (PSD) esteve reunido com ex-secretários em um almoço descontraído. O motivo do encontro? A candidatura de Rosso, em 2014, a deputado distrital, segundo fonte.

A única coisa que pega aí é que, como o PSD vai conseguir manter seus quatro distritais e ainda abrigar mais um na Câmara Legislativa? Partindo do princípio que os quatro deputados do PSD (Eliana Pedrosa, Liliane Roriz, Celina Leão e Washigton Mesquita) seriam candidatos à reeleição, Rosso, que é presidente da legenda no DF, estaria dificultando ainda mais as coisas para os quatro. Ou conseguiria o partido eleger cinco distritais? Duvido! Aposto em dois, no máximo, e sendo bonzinho.


Pimenta: Já que Rosso teria batido o martelo afirmando que concorrerá à Câmara Legislativa, muito provavelmente sua esposa, Karina Rosso, que já deixou público sua vontade de disputar as próximas eleições, não seja candidata em 2014. Afinal, eleger seis seria muita sorte, né?

Malagueta: Parece que, enfim, Rosso percebeu que se quiser gozar de mandato, que baixe a crista e concorra a deputado distrital. Das outras vezes tentou ser federal, mas sempre ficou na suplência.


Coluna Ons e Offs

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

%d blogueiros gostam disto: