SECRETARIA DA JUVENTUDE ENTRA NO CAJE E OFERECE OPORTUNIDADES

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

JOVENS INTERNOS PARTICIPAM DE OFICINAS DE GRAFITE, PRODUÇÕES AUDIO-VISUAIS E AINDA DISCUTEM POLÍTICA


A
abertura da Conferência Livre com medidas socioeducativas foi realizada
na segunda-feira, 11/7, no Centro de Atendimento Juvenil Especializado
– CAJE – juntamente com o projeto Roda de Rap, iniciativa do rapper
Japão, do grupo Viela 17. Mais de 100 jovens puderam participar do
início de uma semana cheia de atividades, palestras, aulas e oficinas.
O projeto terá duração de duas semanas, com atividades entre os dias 11
a 15, e 18 a 22 de julho.
 


O
objetivo desta ação é realizar oficinas de grafite, filmagem e vídeo,
aulas e palestras sobre expressões culturais juvenis, além de debates
sobre a participação destes jovens na construção de políticas públicas
para a juventude. Segundo Maria Beatriz, diretora do centro, a grande
maioria dos internos curte o estilo hip-hop. 
“Esse projeto é fundamental, pois dialoga corretamente com esses jovens, e os incentiva bastante”.


Durante as duas
semanas, um mini -estúdio será montado para as oficinas de produção
musical, e ao final desse período, os próprios adolescentes vão
finalizar suas produções. O produtor Ariel Haller, acredita que “é
importante trazer esse projeto para o CAJE, porque esses menores vão
ter acesso a outras oportunidades, algumas que talvez eles jamais
tenham imaginado conhecer e participar, como produzir um disco”.
O
Secretário da Juventude, Fernando Neto, acredita que o momento é de
discussão dos problemas, para que a Secretaria possa apontar soluções.
“A Conferência Livre, feita aqui dentro do CAJE, objetiva trazer a
política para perto, dando voz aos internos que se sentem esquecidos
pelo sistema”, disse Fernando.
Participaram
da mesa de abertura o Secretário da Juventude Fernando Neto, o
Secretário do Trabalho Glauco Rojas, o rapper Japão, o grafiteiro Satão
(DF Zulu), o produtor musical Ariel Haller e a diretora do CAJE, Maria
Beatriz.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: