Secretaria de saúde afirma em nota que morte de bebê em Ceilândia não foi causada por bactéria.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF) informa que o Laboratório de Microbiologia do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) concluiu a hemocultura realizada no bebê que faleceu no domingo (14), na UTI da Neonatal.

O resultado foi negativo para qualquer tipo de bactéria. A exata causa da morte só será conhecida depois da conclusão da necropsia, que deve sair em 30 dias. O bebê era prematuro, de 20 dias, e pesava 1,325g.

Diante disso, a Secretaria de Saúde interrompeu o regime de contenção, e a UTI permanece aberta e apta a receber bebês que necessitem do neonatal.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: