Sejus-DF inaugura Núcleo de Atendimento Multidisciplinar a Vítimas de Violência em Ceilândia.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Sejus vai inaugurar núcleo do Pró-vítima na Ceilândia

Neste sábado (25/5), a Secretaria de Justiça (Sejus) inaugura o quarto Núcleo de Atendimento Multidisciplinar a Vítimas de Violência (Pró-vítima), em Ceilândia, voltado para moradores do eixo Taguatinga/Samambaia e adjacências, selecionados por meio da triagem das ocorrências policiais encaminhadas pela Polícia Civil ao Pró-Vítima.
 “Essa inauguração

é um reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelo Pró-vítima, projeto criado em 2007 que vem ganhando destaque no cenário nacional por ser o primeiro no Brasil a oferecer atendimentos psicossocial e jurídico exclusivamente às vítimas de violência”, diz o secretário de Justiça, Alírio Neto.

O Governo do DF nomeou dez servidores – entre advogados, psicólogos, assistentes sociais e técnicos – especialmente para o atendimento do Pró-vítima em Ceilândia, cidade escolhida para sediar mais uma unidade do projeto por estar entre as mais violentas do DF, segundo dados da Secretaria de Segurança.
Na ocasião, o governador Agnelo Queiroz, acompanhado do secretário de Justiça e da subsecretária do Pró-vítima, Valéria de Velasco, assinará o Termo de Cessão de Uso do Imóvel e o Decreto de Criação do Núcleo, parceria do GDF com a Administração de Ceilândia e Sejus.
A reforma do Pró-vítima Ceilândia, com 325 m² de área construída, custou R$ 200 mil, e a estrutura contará com salas para atendimento multidisciplinar centrado nas áreas psicossocial e jurídica, sala de triagem das ocorrências, recepção e uma área destinada para eventos com a comunidade.
A unidade de Ceilândia se junta às demais, localizadas no Paranoá, na Estação do Metrô na 114 Sul e na Sede da Sejus, onde funcionava a Rodoferroviária; e ao posto de atendimento, que fica na 6ª DP do Paranoá.
Durante a cerimônia, será apresentado o Time da Paz, que entrará em campo no jogo Flamengo x Santos (26/5), e é composto por alunos de creches e escolas públicas do DF, vencedores da Gincana da Paz, do projeto Arma não é Brinquedo. Dê Livros, da Sejus.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: