Sem negociação, policiais e bombeiros decidem acampar em frente ao Buriti.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Por Tenente Poliglota – Mesmo com as formaturas, troca de horário de expedientes e até cafés da manhã no âmbito da corporação, cerca de 3.500 policiais e bombeiros participaram do PRIMEIRO ATO de cobrança das reivindicações das categorias em frente ao Palácio do Buriti.

Mais uma vez as categorias demonstraram organização e respeito fazendo um movimento ordeiro e pacífico. Cobraram do governador Agnelo Queiroz o cumprimento da 13 promessas de campanha feitas ainda em 2010 e que até hoje sequer uma foi cumprida pelo governo.

Os policiais também exigiram a apresentação e encaminhamento do Projeto que Reestrutura as Carreiras dos mesmos, que se arrasta a quase 3 anos, além da concessão do Auxílio-transporte, Auxílio-moradia, Auxílio-inatividade, Auxílio-fardamento no mesmo valor para todos, Equivalência de cursos e as Promoções sem dependência de vagas.

Após as deliberações das categorias, os mesmo se posicionaram em frente ao Palácio do Buriti por cerca de 10 minutos, o que causou um grande engarrafamento em todo eixo monumental que chegava na esplanada.

O SEGUNDO ATO está previsto para a parte da tarde para que aqueles que não puderam participar pela parte da manhã tenham a oportunidade de levar suas reivindicações. Convocamos a todos que compareçam.



Fotos da Assembléia:






Fotos: tenpoliglota2012.blogspot.com.br

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: