Sol Nascente: Munição para os adversários.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Às vezes tem gente que fornece munição para os adversários. A campanha pela reeleição do governador Agnelo Queiroz ganhou um prato cheio para atacar a turma do senador Rodrigo Rollemberg. É que estava tudo pronto para começar a urbanização do Sol Nascente, apontado como a maior favela do Brasil. 

A operação se fará em três trechos. O Tribunal de Contas do Distrito Federal já liberou o trecho um e examina agora o trecho dois. Suspendeu porém o trecho três, o que mais precisa de saneamento. Nisso, atendia a uma representação partida da deputada Celina Leão, do PDT, que está na coligação de Rodrigo. Os partidos da coligação de Agnelo estão prontos para responsabilizar a turma do senador por isso.

Tão perto e tão longe
Aliás, é justamente no Sol Nascente que estarão, neste domingo, o candidato a presidente Eduardo Campos e sua vice Marina Silva. Querem aproveitar a agenda, a cerca de 40 quilômetros do Palácio do Planalto para atacar a presidente Dilma Rousseff. A ideia é apontar uma região “tão perto do poder central, porém, tão abandonada pelo governo”.

Por Eduardo Brito / JBr


Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: