Suspeito de matar policial do DF em festa é morto em troca de tiros com a PM

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O suspeito de matar um policial civil do DF e atirar em outro após uma festa em Goiânia, capital de Goiás, foi morto durante troca de tiros com a Polícia Militar goiana. Segundo a assessoria de imprensa da PMGO, policiais da Rotam faziam buscas pelo suspeito quando o encontram em casa, em Aparecida de Goiânia (GO), e foram recebidos com tiros. A polícia revidou e, no tiroteio, o suspeito foi atingido e morreu na hora.  


O homem tinha passagens na polícia por latrocínio, seis roubos, posse de arma de uso restrito e tinha ainda três mandados de prisão em aberto. A arma usada por ele para atingir os policiais do DF, uma pistola PT 100, tinha sido roubada no último dia 9 de outubro.  

A mulher do suspeito estava em casa e relatou aos policiais o ocorrido na festa. Segunda ela, o marido foi o autor dos disparos contra a dupla de policiais.  

Outro policial que foi baleado, um militar, já recebeu alta. Os dois tinham sido encaminhados para o Hospital de Urgência de Goiânia. Segundo a polícia, eles teriam se envolvido em uma confusão porque o militar teria abordado a mulher do suspeito na festa. Ao todo, nove tiros foram disparados.   

 

De acordo com um outro policial, que também estava na festa, o militar do DF teria pedido desculpas para o companheiro da mulher ao saber que ela estava acompanhada.     

— Ele foi embora do salão, mas na saída, baleou os dois pelas costas. Um caiu e o outro revidou atirando também.    

Segundo a Divicom, como o policial civil estava de folga durante o ocorrido, o caso será investigado pela Polícia Civil de Goiás.    O presidente do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis do DF), Ciro de Freitas, informou que um diretor do sindicato já está em Goiás para ajudar na liberação do corpo, que será velado em Brasília, e dar todo apoio à família. O horário do velório e enterro ainda não foram definidos. 

Freitas informou ainda que o sindicato lamenta o ocorrido.

Informou R7

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: