Taxista é assassinado após pegar casal de passageiros em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


Um taxista morreu baleado nas
costas depois de pegar um casal para corrida sem saber que eles eram
assaltantes. O homem e a mulher entraram no banco de trás, como clientes.
Partindo de Ceilândia com destino a Brazlândia, eles anunciaram o assalto no
caminho, na DF-180, exigindo dinheiro e o carro. O taxista, de 46 anos, morreu
ao reagir.

Ao avistar um carro da Polícia
Militar, o motorista jogou o táxi para cima na esperança de chamar a atenção e
pedir socorro. Então um dos passageiros atirou no taxista dentro do carro e
fugiu. “No momento em que ele jogou o carro, o bandido disparou. A perícia vai
constatar, mas nós já verificamos um tiro contra o banco que acertou o peito do
motorista”, disse o sargento Mike Júnior.



O assaltante que atirou se
escondeu em uma área de mata fechada. Foi preciso chamar apoio para conseguir
encontrá-lo. 
Depois de um tempo de busca,
os militares conseguiram prender Rogério Magalhães, de 20 anos, e a namorada
dele, Daniele de Sousa, de 22 anos. Na delegacia, a polícia diz que ele
confessou ter atirado no taxista.

*Com informações do site G1 e PMDF

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: