Terracap lança edital para concluir obra da UnB Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Dois mil e doze deverá ficar conhecido como o ano do fim da novela que a UnB Ceilândia vive desde julho de 2009, primeiro prazo para a entrega dos prédios da Unidade Acadêmica (UAC) e de Ensino e Docência (UED) do campus avançado. A Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) publicou aviso de licitação para a obra da UAC, em 29 de dezembro de 2011. O prédio terá salas de aula, laboratórios, biblioteca e auditório. Empresas interessadas apresentarão suas propostas em 7 de fevereiro.

A UAC deve ficar pronta a tempo de receber os alunos no segundo semestre de 2012. “Nossa expectativa é de que a empresa seja contratada num prazo de 45 dias a partir da data da realização da licitação”, afirmou o Secretário de Obras do GDF, Oto Silvério Guimarães Júnior. A obra deve durar cerca de sete meses e custar R$ 7,7 milhões. A diretora da FCE, Diana Pinho, pediu prioridade para as salas de aula, laboratórios e biblioteca. A professora comemorou a licitação. “Não podia ter noticia melhor pra começo de ano”, diz. 

O decano de Administração e Finanças da UnB, Eduardo Raupp, explica que a expectativa era que a obra ficasse pronta em março, mas houve atraso no lançamento da licitação, prevista para novembro de 2011. “Vamos pedir ao GDF que coloque a obra em ritmo acelerado para que fique pronta o quanto antes”, afirma. “Apesar de termos equacionado o que é necessário para o semestre começar, é fundamental que o prédio seja tratado com toda celeridade”. Para isso, o decano acredita que será importante a fiscalização intensa da obra.

A subestação de energia que vai fornecer eletricidade para os dois prédios já foi licitada e deve ficar pronta em quatro meses. Hoje, a unidade funciona com energia de geradores. 

Histórico – De acordo com o contrato firmado entre o GDF e a construtora UniEngenharia, a construção dos dois prédios deveria durar dez meses, com entrega prevista para julho de 2009. A primeira prorrogação previa que as duas unidades ficassem prontas em setembro.

Durante dois anos, houve outras nove prorrogações, que culminaram na revogação do contrato entre o Governo do Distrito Federal e a construtora UniEngenharia em 26 de setembro de 2011. Em novembro de 2011, a Universidade de Brasília assumiu a obra da UED – prédio com laboratórios de ensino, sala de professores e secretaria –, que deve ser entregue em maio. Os laboratórios já serão usados para as aulas do próximo semestre. 

No fim de janeiro, o Módulo de Serviços e Equipamentos Esportivos (Mesp) será entregue, com lanchonetes, lojas e espaço de convivência. Se a licitação ocorrer nos prazos previstos e a obra terminar a tempo de receber os estudantes no segundo semestre, no final de 2012 faltará penas um módulo para o funcionamento pleno do campus, o da Unidade de Ensino e Pesquisa (UEP). A UEP terá ginásio terapêutico, piscina terapêutica, salas de aula e laboratórios de pesquisa e está em fase de projeto preliminar. “Esperamos que a licitação da UEP seja feita ainda este ano e que a execução também seja feita neste ano, porque a UED e a UAC já começam a funcionar com um pouco de defasagem. Mesmo assim, é um grande passo. É um 2012 bem vindo”, afirma a professora Diana.
Jornal de Brasilia

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: