Tira-Teima com a Deputada Distrital Eliana Pedrosa “Sou pré-candidata ao Palácio do Buriti desde 2011. “

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

 Laécio Alencar – Deputada sua candidatura ao GDF é pra valer?

Eliana Pedrosa: Sou pré-candidata ao Palácio do Buriti desde 2011. Sempre coloquei meu nome à disposição da sociedade. Hoje, com a ajuda da base do PPS, trabalho na construção de propostas para oferecer aos moradores do DF e espero confirmar a candidatura no período das convenções partidárias, previstas entre março e abril deste ano.

Laécio Alencar – A saúde pública em um eventual governo seu será prioridade?

Eliana Pedrosa: A saúde deve ser prioridade em qualquer governo. Mas isso não deve ficar apenas no discurso. O atual governador prometeu até assumir a Secretaria de Saúde, mas até hoje a sociedade não conseguiu ver os avanços prometidos. Continuamos a conviver com a falta de atendimento, de profissionais, de medicamentos e até insumos simples como seringas, termômetros e esparadrapos.

Laécio Alencar  – Quais as suas prioridades para a educação?

Eliana Pedrosa: Nós últimos três anos apresentei mais de 30 projetos na área de Educação na Câmara Legislativa. A valorização dos profissionais e a educação em tempo integral devem ter destaques em uma boa gestão. E também precisamos avançar na infraestrutura da rede pública, reformando as unidades existentes e construindo novas nos locais mais necessitados. Vale lembrar que tivemos uma grande greve dos professores neste governo, o que mostra a insatisfação da categoria com o modelo de gestão atual.

Laécio Alencar  – Os policiais e bombeiros militares querem reajustes de salários, e os policiais civis começam a se movimentar com a mesma pauta de reivindicações, como negociará com essas categorias?

Eliana Pedrosa: Esses movimentos são legítimos e não buscam nada mais do que foi prometido a eles durante a última campanha. Sempre recebo policiais na CLDF e me coloco à disposição. Creio que o diálogo deve ser a base de tudo, mas hoje não vejo muita vontade do governo em abrir uma ampla mesa de negociação.

Laécio Alencar – O senador Cristovam Buarque já disse que não dará apoio ao PT no primeiro turno das eleições de 2014. Pode fazer parte de uma coligação com o PPS?

Eliana Pedrosa: Nos orgulharia ter o PDT conosco nestas eleições. É um partido com quadros importantes em nossa cidade. O senador Cristovam é uma das maiores lideranças do DF, além de ser um dos maiores conhecedores da educação em nosso país. 

Por Quidnovi

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: