Um problema no metrô de Ceilandia está sem solução desde abril do ano passado

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Uma falha na manutenção acabou quebrando o aparelho que permitia aos trens mudarem de via e um trem acabou saindo dos trilhos. Com os trilhos danificados, os trens são obrigados a reduzir a velocidade de 80 km/h para 20 km/h. Essa redução causa um atraso de até dez minutos.
O Sindicado dos Metroviários afirma que foi aberto um inquérito e, desde então, nenhuma providência foi tomada quanto aos reparos. A Companhia do Metropolitano do DF (Metrô DF) afirma ter um projeto para realizar manutenção e reparos em todas as linhas do DF, tendo como prioridade as estações de Ceilândia.
Em abril de 2010, um trem descarrilhou devido a uma falha na manutenção.  O aparelho que permitia que os trens mudassem de via foi danificado e um trem teve autorização para fazer a mudança enquanto os trilhos não estavam preparados. Quando o trem saiu dos trilhos, acabou danificando todos os trechos próximos ao Terminal de Ceilândia. Segundo Luciano Costa, piloto e membro do Sindicato dos Metroviários, foi aberto um inquérito investigativo para encontrar o motivo do acidente e até hoje não se obteve uma resposta. “Falaram que foi um acidente, mas na verdade foi uma falha na manutenção”, explica. 

Jornal de Brasilia

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: