Usava a moto do patrão para roubar em Águas Lindas.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

TVCMN – Dupla domal tocava o terror nas pessoas de bem que estavam indo ou chegando do trabalho. Os malas agiam em todos os setores da cidade e usavam uma moto preta com a placa dobrada para cima, mas nem arma os ladrões  pé-de-chinelo tinham, era tudo na sugesta, tipo: “vamo lá, vamo lá, vai passano tudo dipressa, si não quisé leva bala”. Tudo na sugesta.  Veja mais fotos.

Nessa segunda feira 23/07 por volta das 23h00m, a dupla assaltou no Setor Pérola-2  um cidadão que estava chegando do trabalho depois de duro dia de labuta, quando foi enquadrado pelos malas e teve seus pertences e dinheiro roubados. A vítima contou que os malas chegaram numa moto preta e logo o garupa foi colocando a mão na cintura e anunciando o assalto. Com medo de morrer e sem esboçar qualquer reação, a vítima entregou tudo que tinha para os vagabundos, que em seguida evadiram-se. A vítima avistou a VTR-2307 da 35ª CIPM com os soldados Moreira e Santiago comunicando o assalto. Os policiais colocaram a vítima na viatura, pediram apoio e em seguida saíram ao encalço da dupla. Logo chegaram mais viaturas e a quadra foi cercada sem dar chance para que os malas fugissem. 

Dado momento uma moto preta com a placa dobrada para cima surgiu ao lado da viatura e a vítima reconheceu a moto e os malas. Os policiais fizeram a abordagem e prenderam, Jordão Souza Nascimento27 anos e Vanderley de Jesus Brito de 35 anos vulgo “Derley”  moradores do setor Santa Lúcia, ambos com várias passagens por roubo, furto, tráfico e outros crimes.  Com eles  foram encontrados dois celulares, uma aliança, um cachimbo de crack e um crachá que eles roubaram de rodoviário momentos antes,  mas que não registrou a ocorrência. Os malas foram colocados no “transporta malas” da viatura e entregues para Polícia Civil. 
Os policiais pedem a quem tenha sido vítima da dupla que compareçam à delegacia para formalizar a denúncia. Ao ser interrogado, Jordão disse que a moto é de uma pizzaria em que ele trabalha como entregador de pizza. Jordão também já foi mototaxista e trabalha no Setor Coimbra onde também pode ter. O Sgt. Santos disse: “Eles são velhos conhecidos do meio policial como sendo ladrões atuantes e violentos, e a população precisa denunciá-los para que passem um bom tempo na cadeia”. Finalizou.
A ação teve o apoio dos policiais, Cb. Portela, soldados Erivan, Daniele e Ferandes que tiveram papel fundamental no cerco aos marginais.  

Fotos: TV CMN

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: