Valmir Amaral acusa integrantes do GDF de receber propina.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O ex-senador Valmir Amaral foi a Câmara Distrital
para denunciar o pagamento de propina feitos segundo ele ao vice-governador, Tadeu Filippelli, o governador Agnelo Queiroz e o presidente do DFtrans, Antônio Campanella. 
Valmir apresentou várias passagens aéreas requisitadas por Campanella para integrantes PPL, notas fiscais emitidas sem execução de serviço no valor de R$ 15 milhões e apropriação de veículos e garagens de propriedade de sua família.

Os documentos foram entregues ao Ministério Público Federal, Procuradoria do Tribunal de Contas do DF e Polícia Federal. O dossiê, segundo Valmir Amaral será confirmado por seu pai, Dalmo Josué do Amaral, na próxima quarta feira em plenário da Câmara Distrital.
O ex-senador disse também que já falou para o presidente do Congresso, Renan Calheiros que se a Justiça não tomar providências, ele fará greve de fome no plenário do Senado. Valmir que falava em tom esbravecido no plenário da Câmara Distrital, fez alguns parlamentares base do governo deixarem o plenário nas pontas dos pés.
Na próxima semana, o movimento nas comissões promete ser tenso.

Informou Quidnovi.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: