Valparaiso-GO: Partido Verde quer PT na vice de Adolfo Lopes.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O vice-prefeito de Valparaíso, Adolfo Lopes, ainda não assinou a ficha
de filiação no PV, mas o presidente de honra do partido, Clarindo Moura,
dá como certa a filiação do ex-democrata e garante que ele será o
candidato a prefeito pelo PV. Até então, o PV, que recentemente deixou a
base de apoio da prefeita Lêda Borges (PSDB), vinha conversando com o
PT, que já lançou a pré-candidatura da professora Lucimar Conceição do
Nascimento à prefeitura. “O PV não tinha um nome para apresentar, mas
agora tem o de Adolfo Lopes, uma pessoa que já foi testada nas urnas e
surge em terceiro lugar em todas as pesquisas de intenção de votos.”

Segundo Clarindo Moura, o PV não tem, obrigatoriamente, de se aliar ao
PT. A única recomendação nacional que o partido deve seguir diz respeito
a não se coligar com o PSDB. “Considero uma composição inteligente o PT
indicar o vice na chapa do PV”, diz. Caso os petistas mantenham a
candidatura da professora Lucimar, o presidente afirma que o PV vai
apostar em Adolfo Lopes em 2012.

A chegada de Adolfo Lopes na disputa — pelo PV — muda completamente o
cenário eleitoral de Valparaíso. O vice-prefeito divide a base da
prefeita Lêda Borges e também a oposição, que tem o PV como um dos
partidos. Ele tira votos dos dois lados e, como vem em terceiro lugar
nas pesquisas, pode surpreender no final, apesar de o PT de Valparaíso
ser o mais organizado e forte do Entorno e da prefeita Lêda Borges ter o
apoio do governador Marconi Perillo (PSDB). O PMDB, de­pois de negar
filiação a Adolfo Lopes, deve se aliar ao PT ou ao PSDB, mas não fará
muita diferença nas urnas, já que está muito enfraquecido na cidade.

Jornal Opção. 

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: