Verdades e mentiras da política do DF

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

 1 – A entrevista do vice-governador Tadeu Filippelli (PMDB) dizendo que cogita encabeçar uma chapa ao GDF nas eleições de 2014 incomodou muitos petistas fora e dentro do governo. Eles dizem que tal comportamento poderia ser provocado pelo incentivo de aliados e pesquisas de resultados duvidosos. Outro desabafo petista é o de que Filippelli não tem a obrigação de ficar na aliança. “Ele pode até voltar para o ninho antigo, onde ele acredita que pode montar uma aliança para vencer as eleições de 2014”, diz um parlamentar petista. O certo é que a entrevista se transformou numa espécie do “dito pelo não dito”.

 2 – O vice-governador Tadeu Filippelli (PMDB) parece não estar de brincadeira quando o assunto é uma possível candidatura ao GDF no ano que vem. O peemedebista tem disparado telefonemas para ex-aliados com o objetivo de sondar para saber como anda sua popularidade com os ex-parceiros de política.
 3 – Não convide para a mesma mesa o deputado Olair Francisco e Claudio Monteiro. O mesmo vale para Monteiro e Fábio Simão.
 4 – Uma indústria de dossiês está operando na Câmara Legislativa do DF. Alguns poderão ser encaminhados ao Ministério Público outros para a Polícia Civil do DF.
  5 – A indústria já teria incluído uma pessoa que administrou uma das cidades do DF. Apesar de ter saído, a pessoa avisou ao atual administrador que continuará tomando contas das obras da cidade.   A tal pessoa usa até a sua situação funcional para ameaçar e intimidar pessoas. Se isto for verdade é roubalheira na certa. A conferir.
 6 – O presidente da Câmara Legislativa, Wasny de Roure, conseguiu descascar o abacaxi das dívidas de publicidade deixadas pelo ex-presidente Patrício.
 7 – Os petistas históricos não gostaram nada, nada da declaração da deputada distrital oposicionista Celina Leão (PSD) quando disse ter aberto um canal de diálogo dos servidores do GDF justamente com o secretário de Administração, o petista Wilmar Lacerda.
 8 – O presidente do PT-DF, Roberto Policarpo, está com o seu prestígio abalado, principalmente em se falando de cargos na estrutura do GDF. Ele anda muito satisfeito com tal situação.
 9 – As PPs do DF serão modeladas por uma empresa paulista muito ligada ao ex-presidente do PT, Ricardo Berzoini.
 10 – Um suposto assessor de um deputado distrital está colecionando gravações de áudio do parlamentar. Não se sabe qual o uso fará no futuro. As más línguas falam em cargos. Muitos cargos…
 11 – Muito se engana quem acha que o deputado federal Luiz Pitiman, que ensaia deixar o PMDB, migre imediatamente para o PSDB. Dentro do partido, há poucos tucanos que apoiam o ingresso do ex-presidente da Novacap na sigla de Aécio Neves.
 12 – Uma pesquisa feita pelo Instituto Dados Pesquisa Opinião e Mercado com 3 mil eleitores, no período de 26 de abril a 8 de maio, mostra que a situação da Câmara Legislativa não está boa. Confira os números: ótima (1,2%), boa (8,5%), regular 38%), ruim (16,9%),  péssima (27,4%) e não sabe (8,1%). A margem de erro e o intervalo de confiança da pesquisa correspondem ao total da amostra e são de 1,8% e 95%, respectivamente.
 13 – A deputada distrital Eliana Pedrosa (PSD) é considerada hoje, segundo a pesquisa estimulada   Dados, a melhor parlamentar da Câmara Legislativa com 7,8% Em segundo lugar vem o deputado distrital Chico Leite (PT) com 6,2%. O terceiro colocado é o deputado Chico Vigilante (PT) com 4,2%. Já em quarto lugar está o deputado Dr. Michel com 3,1%. Em quinto lugar estão empatados o presidente da Câmara Legislativa, Wasny de Roure (PT) e Liliane Roriz com 2,9%. Logo depois vem Cristiano Araújo (2,8%), Rôney Nemer (2,4%), Celina Leão (2,1%). Os demais estão abaixo de 2%. O lanterninha é Evandro Garla com 0,4%.
 14 – Quanto a Câmara Legislativa um dado preocupante: 32,1% dos pesquisados não sabe ou não respondeu qual é o melhor. Já 15,8% responderam nenhum.
 15 – O primeiro cenário da pesquisa Dados mostra números interessantes na corrida ao Buriti em 2014. Vejamos: Reguffe (20,3%), Agnelo (11,5%), Eliana (11,1%), Rollemberg (8,3%), Filippelli (8,2%) e Toninho do Psol com 8,6%.
 16 – A pesquisa Dados também mostrou vários cenários sobre a intenção de votos para governador em 2014. O resultado do segundo cenário ficou assim: Rollemberg (13,6%), Eliana Pedrosa (12,8%), Agnelo (11,7%), Filippelli (10,4%) e Toninho do Psol (9,6%).
 17 – No terceiro cenário da pesquisa Dados o quadro ficou assim: Eliana Pedrosa (13,8%), Rollemberg (13,7), Filippelli (11,8%), Toninho do Psol (9,6%) e Paulo Tadeu – hoje conselheiro do TCDF – com 5,7%.
 18 – Já no quarto cenário da pesquisa Dados foi incluído três ex-governadores, Joaquim Roriz, José Roberto Arruda e o hoje senador Cristovam Buarque (PDT), além do atual governador Agnelo Queiroz, o quadro ficou assim: Roriz (26,2%), Arruda (13%), Rollemberg (12,2%), Cristovam (10,5%) e Agnelo com 9.5%.
  19 – O ex-governador Joaquim Roriz está de volta a Brasília. Ainda em fase de recuperação, o principal líder da oposição já tem agendado os próximos encontros políticos para traçar estratégias para as eleições de 2014.
 20 – O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), conversou com o presidenciável Aécio Neves (PSDB) para que ele abençoe o convite para que alguns nomes fortaleçam o partido, principalmente na região metropolitana do DF. Um deles foi o da distrital Liliane Roriz, que hoje está no PSD e que aparece com destaque em pesquisas internas encomendadas por aliados do governo de Goiás.
 21 – Há uma verdadeira comoção dentro do PT para que o deputado distrital e líder do partido na Câmara Legislativa, deputado Chico Vigilante (foto), candidate-se à Câmara dos Deputados nas eleições de 2014. Resta saber se ele topa…
 22 – O novo comandante do PSDB-DF, o ex-ministro Eduardo Jorge, está com carta branca do senador Aécio Neves para fortalecer o partido na esfera local. Jorge é tido na cúpula tucana como um grande estrategista e ainda apaziguador, além de ter a total confiança do ex-presidente FHC, de quem foi ministro.
 23 – A área de inteligência do governo já mandou averiguar e teve uma triste notícia: os servidores de nível médio da Secretaria de Saúde não estão blefando quando dizem que podem entrar em greve no dia da abertura da Copa das Confederações.
 24 – Aliados do deputado distrital Raad Massouh (PPL) garantem que a operação para salvá-lo já está em curso. Raad seria detentor de inúmeros documentos e segredos capazes de ajudá-lo em tal missão.
 25 – Após saber da nomeação do primo, Paulo Roriz, como secretário do governo Agnelo, a deputada distrital Liliane Roriz (PSD) não perdeu o tom de brincadeira: “Uma hora ou outra o governador Agnelo teria de se render à família Roriz”, alfinetou.

Por Carlos Honorato/Colaboradores/Estação da notícia

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: