Verdades e mentiras da política do DF

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O comandante da PM, Suamy Santana: na alça de mira. O deputado Joe Valle (PSB) foi bem atendido pelo GDF
1 – Aliados e amigos temem que a boa situação do ex-governador do DF, José Roberto Arruda (sem partido), em algumas pesquisas traga de volta a sua deplorável arrogância que terminou por jogá-lo no fundo do poço por duas vezes.

2 – O secretário-chefe da Casa Civil, Swedenberger Barbosa, morre de rir quando o seu nome é lembrado para disputar o GDF nas eleições de 2014. Aguardemos.

3 – O Detran ainda não tem agência de publicidade contratada para fazer as campanhas de educação no trânsito previstas em lei. Não é por falta de recursos. Só nos primeiros seis meses de 2012, quase R$ 1 milhão em multas foram pagas ao Detran e DER (Departamento de Estradas de Rodagem) do DF, quase R$ 700 mil emitidas por radares eletrônicos, os pardais.

4 – Em várias rodas de políticos de Brasília é dada como certa a candidatura do senador Gim Argello (PTB) ao GDF em 2014.

5 – O vice-governador do DF, Tadeu Filippelli, candidato ao Senado em 2014? É o novo mantra da cidade.

6 – Petistas graduados do DF garantem que a chapa para as eleições de 2014 será Agnelo Queiroz (PT) e Tadeu Filippelli (PMDB). Garantem que não existe qualquer risco de mudança apesar das previsões de turbulências.

7 – Tem muita gente apostando que a deputada distrital Liliane Roriz (PSD) será candidata ao GDF. Até aí nada demais. Só que a vice seria ocupada pelo ex-governador Rogério Rosso, atual presidente do PSD-DF. Sabe-se que o PSD não tem musculatura eleitoral para uma candidatura puro sangue no DF.

8 – O empresário e ex-vice-governador Paulo Octávio é visto como um forte candidato a deputado federal nas eleições de 2014.

9 – São cada vez mais fortes os comentários de que o ex-governador José Roberto Arruda será candidato a deputado distrital nas eleições de 2014. Uma espécie de efeito César Maia do Cerrado. A ideia seria a de formar uma grande bancada de oposição, que logo iria aderir ao novo governo. 

10 – A atual deputada federal Jaqueline Roriz seria candidata ao Senado nas eleições de 2014. Será?

11 – O presidente da Câmara Legislativa do DF, Patrício, que sonha com a reeleição, já tem um plano B, caso o governador Agnelo Queiroz não o deixe permanecer no cargo. Ele quer ocupar uma grande secretaria do GDF. Seria a da Fazenda?

12 – Um deputado encarregou a sua assessoria de monitorar os blogs da cidade. Deseja saber tudo o que falam dele. Só que ninguém perde tempo com tal coisa.

13 – A Câmara Legislativa do DF não vem pagando a publicidade divulgada pelos veículos de comunicação da cidade. O deputado distrital Aylton Gomes (PR) diz que não é o responsável pelo não pagamento das faturas. Garante que quando receber os processos da Comunicação da Casa providenciará o pagamento em 48 horas.

14 – O secretário de Educação do DF, Denilson Costa, teria a proteção do Sinpro para permanecer no cargo. Como o Sinpro não governa o DF, Costa já arruma as gavetas.

15 – Cresce a cada dia em Brasília o número dos chamados jornais fast-food – aqueles que entopem as lixeiras públicas. O noticiário é péssimo, mas alguns promovem sorteios de utensílios domésticos etc.

16 – O grande negócio da cidade é promover eventos superfaturados. Alguns casos já estão sendo investigados pela Polícia Civil.  

17 – A oposição de Cristalina suspeita que o prefeito e candidato à reeleição Luiz Carlos Attié (PSD-GO) estaria manipulando pesquisas eleitorais. O caso deve ser levado para apreciação da Justiça Eleitoral.

18 – O suplente de deputado distrital Paulo Roriz aguarda um sinal do presidente do DEM-DF, Alberto Braga, para desembarcar no PEN.

19 – O ex-deputado distrital Raimundo Ribeiro anda muito triste. Ele sonhava em tomar o PSDB de Márcio Machado. Contava com a inclusão do tucano na denúncia da Caixa de Pandora, o que não aconteceu.

20 – A Marcha para Jesus ficou entupida de políticos pecadores.

21 – É dado como certo o desembarque do ex-governador José Roberto Arruda no PTB-DF, cujo presidente é o senador Gim Argello.

22 – Tido como um bom no PT para ocupar o lugar do presidente da Câmara Legislativa do DF, Patrício, o deputado distrital Wasny de Roure já avisou que está em outro caminho. Topa qualquer sacrifício para ficar com a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas o DF.

23 – Os deputados Chico Vigilante e Patrício hoje são apenas integrantes do mesmo partido. A amizade vive um período de turbulência. 

24 – Pesquisa qualitativa diz que o bem votado deputado distrital Chico Leite é bem cotado para o Senado em 2014. O eleitor tem clara preferência por Leite, mas reclama do seu partido, o PT.

25 – O ator, secretário e deputado distrital licenciado Alírio Neto (PEN) é tido como um nome forte para a presidência da Câmara Legislativa do DF. Só que ele precisa conquistar a confiança do governador Agnelo Queiroz e do vice-governador Tadeu Filippelli (PMDB).

26 – O governador Agnelo Queiroz ouviu as orações do deputado distrital sustentável Joe Valle (PSB). Ele viva pelos cantos reclamando que não era contemplado pelo GDF. Acaba de ganhar a administração do Lago Norte de “porteira fechada”.

27 – Há quem diga que o senador Rodrigo Rollemberg está rindo à toa, pois o GDF resolveu atendê-los em todas as frentes.

28 – Verdade ou mentira, o secretário-chefe da Casa Civil, Swedenberger Barbosa, já teria um substituto de plantão para o lugar do ainda diretor do Detran-DF, José Alves Bezerra.

29 –  O comandante da PMDF, coronel Suamy Santana da Silva, está na alça de mira de alguns políticos do DF.
30 – Tem muita gente suspeitando que o PSD pode chegar em 2014 desfalcado de seus principais nomes.

Fonte: Blog do Odir com informações do Estação da Notícia

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: