Verdades e mentiras da política .

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A ex-senadora Marina Silva tenta atrair Ayres Britto e Eliana Calmon para a disputa eleitoral em 2014
 1 – A Marina Silva, a ex-senadora petista que teve quase 20 milhões de votos nas eleições de 2010, quando concorreu à Presidência da República pelo PV, dará o start para a criação de um novo partido a partir do próximo mês de fevereiro. 

2 – Dois nomes podem aparecer como candidatos ao GDF nas eleições de 2014: o ex-ministro do STF, Ayres Britto, e a ex-corregedora do CNJ, Eliana Calmon. A ex-senadora Marina Silva vem fazendo contatos com o intuito de atraí-los para o seu novo projeto político.

3 – Marina Silva acredita que Ayres Britto e Eliana Calmon são dois nomes com forte apelo, tanto para ser o seu vice na disputa pela Presidência da República como para a sucessão do governador Agnelo Queiroz.

4 – O senador Cristovam Buarque anda muito enciumado com a ex-senadora Marina Silva. O motivo é a intenção de Marina de fundar um novo partido e disputar à Presidência da República. Cristovam vem tentando convencer Marina a disputar o GDF. Isto porque o senador sonha em disputar mais uma vez à Presidência da República.

5 – Toninho do Psol vai disputar mais uma vez o GDF nas eleições de 2014. O partido está disposto a fazer alianças, mas não abre mão da cabeça da chapa.

6 – Está crescendo muito no PDT a resistência contra o apoio à candidatura do senador Rodrigo Rollemberg (PSB) ao GDF nas eleições de 2014. Rollemberg poderá ter apoio, mas apenas de alguns setores do PDT.

7 – A crise da saúde pode apressar a troca do secretário de Saúde, Rafael Barbosa, atualmente de férias. Só que ele não deixará o GDF. O que se comenta no Buriti é que ele irá ocupar a Secretaria de Governo do GDF. Filiado ao PT, Barbosa deverá ser um dos nomes do partido para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados.

8 – A Secretaria do Governo do GDF parece ser uma espécie de “joia da coroa”. Tanto que já se formou uma fila de pretendentes ao cargo: Roberto Policarpo, presidente do PT-DF, Wilmar Lacerda, secretário de Administração, e o capitão e deputado distrital Patrício.

9 – Quem anda rezando para que o deputado distrital Patrício (PT) aceite o convite para ir para a SEDEST é o ex-administrador de Vicente Pires, Dirsomar Chaves. Alguém fez um acordo para que ele assuma uma vaga na Câmara Legislativa. Só que nada acontece.

10 – O jornalista Donny Silva vem sendo assediado por vários partidos para entrar para a política. O curioso é que o mantra dos interessados é um só: tentar montar uma oposição de verdade. Até agora Donny não disse que sim nem que não
.

11 – No próximo dia 15, o Tribunal de Contas do DF deverá escolher um novo presidente, que poderá ser o decano conselheiro Manoel de Andrade. Só que o conselheiro Renato Rainha está forte na disputa e já conta com o voto do conselheiro Paulo Tadeu, que pode fazer a diferença.

12 – A estratégia é eleger o conselheiro Renato Rainha para presidência do TCDF. O objetivo é retirá-lo do dia-a-dia do tribunal. Tal medida ajudaria o GDF, pois Rainha vem sendo um feroz crítico das coisas do governo Agnelo Queiroz.
13 – Com crise na saúde ou não, Miami se tornou o point de muitos governistas endinheirados.

14 – A administração austera do hoje capitão Patrício – leia-se Câmara Legislativa – gastou algo em torno de R$ 600 mil na compra de tabletes. Alguns parlamentares não sabem sequer ligar o mimo.

15 – Os governistas da Câmara Legislativa estão ansiosos para encontrar o governador Agnelo Queiroz. Alguns querem desejar-lhe um 2013 se sucesso. Já outros querem cobrar a fatura da eleição da chapa Wasny de Roure/Agaciel Maia por unanimidade. Só falta a oposição querer a mesma coisa, pois votou no candidato de Agnelo.

16 – Tem muita gente no governo de Agnelo Queiroz com uma vontade louca de trair. Tem gente até sonhando com a cadeira de Agnelo.  

17 – Uma pesquisa que está circulando na cidade mostra que alguns supostos candidatos ao Buriti não conseguem se eleger nem dentro de casa.

18 – Tem um suposto candidato ao GDF que diz com todas as letras que “dinheiro não é problema”. Quer dizer: o problema é a falta de voto.

19 – O deputado distrital Chico Leite, um dos mais votados do PT, já estaria à procura de um novo caminho. Ele pode ser mais um soldado do partido de Marina Silva, que está procurando aliados no DF.

20 – O secretário-adjunto de Saúde, Elias Miziara, vem enfrentando sozinho a crise na saúde do DF após as denúncias da falta de médicos em alguns hospitais do DF. Pessoas do GDF dizem que titular Rafael Barbosa, que está de férias, é um especialista em fugir das crises. Até quando? 

 21 – O advogado paraense Antônio Amaral Júnior é o novo ouvidor da OAB/DF. 

Estação da notícia.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: