Vigilantes da saúde prometem greve a partir de amanha (13)

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Vigilantes que prestam serviço na rede pública de saúde prometem entrar em greve a partir desta quarta-feira (13). De acordo com os trabalhadores, as empresas Ipanema e Brasília Segurança ainda não fizeram o pagamento do mês de junho, que deveria ser feito até o quinto dia útil.
As empresas alegam que o GDF não fez o repasse devido, por isso atrasaram os salários.
A greve vai comprometer o atendimento nos hospitais públicos de Brazlândia, Ceilândia, Taguatinga Samambaia, do Guará, de Santa Maria e o Hospital Materno Infantil (HMIB), além dos postos de saúde e Unidade de Pronto Atendimento (UPAs) dessas regiões.
Além dos vigilantes, 2,5 mil trabalhadores terceirizados na limpeza e conservação de hospitais, postos de saúde e escolas públicas também paralisaram as atividades por falta de pagamento. Eles são prestadores de serviço para as empresas Juiz de Fora, Apecê, Servegel e Ipanema.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: