Washington Mesquita esvazia de vez o PSD

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Segunda maior bancada da Câmara Legislativa, com quatro distritais, o PSD deve terminar a legislatura com zero. Já perdeu Eliana Pedrosa, Celina Leão já avisou que sai, Liliane Roriz tem destino certo e Washington Mesquita (foto) filia-se na quarta-feira ao PTB.
Pesou contra o PSD menos a sua estrutura — foram seus organizadores que conseguiram na Justiça Eleitoral o princípio de que, ao aderir a novo partido, deputados levam consigo tempo de TV e dinheiro do Fundo Partidário — e mais o fato de ter servido como veículo para detentores de mandato em busca de alvará de soltura. No caso do Distrito Federal, pesou também a constatação, óbvia, de que o PSD não teria como garantir reeleição para seus recém-adquiridos distritais. Washington comunicou ontem mesmo sua saída ao partido.
Redutos eleitorais

Washington Mesquita leva para o PTB um sólido dote de votos católicos, abençoados pelo fortíssimo padre Moacir Anastácio. No seu atual mandato, o primeiro, trabalhou muito para ampliar esse rebanho. Também tem bases eleitorais fortes em Taguatinga, onde foi muito votado três anos atrás, e onde indicou o administrador regional Carlos Jales.
Para facilitar a reeleição 
Sua filiação ao PTB foi muito negociada com o presidente regional, senador Gim Argello, que lhe garantiu espaço na Executiva. Washington convenceu-se também que a nominata do PTB favorece sua reeleição, na medida em que a legenda pode sonhar com três ou até quatro cadeiras na Câmara Legislativa. Em especial, diz, se o distrital Cristiano Araújo recuar  na disposição de deixar o partido.
Partido para chamar de seu
Washington Mesquita sabe também de conversas de Gim Argello com o ex-senador Paulo Octávio. É verdade. Os dois se encontraram sábado em um evento de Sobradinho. A partir daí não teve mais conversa para ninguém. Pesa contra a aliança, porém, o fato de que ambos sabem que cada um precisa de um partido para chamar de seu. 

Informou Eduardo Brito / Jornal de Brasília

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: