Washington Mesquita fala sobre investigação contra ex-administrador de Taguatinga

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
O deputado distrital Washington Mesquita (PTB) usou o comunicado de parlamentares, na tarde desta terça-feira (12), para falar da investigação aberta contra o ex-administrador regional de Taguatinga, Carlos Jales, pelo Ministério Público e a Polícia Civil do Distrito Federal, sob a acusação de recebimento de vantagens para liberar alvarás de construção.

Mesquita disse ter sido pego de surpresa, assim como a imprensa, a Câmara Legislativa e todos os parlamentares com a deflagração da Operação Átrio, na última quinta-feira (7). “Estou tão perplexo com o que aconteceu, como todos vocês. Não compactuo com nenhum ato de corrupção. Não fui eleito para isso e não estou dentro da Câmara Legislativa para isso.” O parlamentar destacou, durante o pronunciamento no plenário da Câmara Legislativa, que o governo do Distrito Federal cumpriu o seu papel em afastar, de imediato, Carlos Jales do cargo de administrador regional. “Essa medida serve até mesmo para que Jales possa ter o direito de se defender. Espero que ele, quando sair do hospital, vá a delegacia e preste todos os esclarecimentos e mostre as suas provas”. A Justiça e a polícia, segundo o distrital, são os responsáveis em mostrar a realidade dos fatos. “Não serei eu a fazer nenhum juízo contra o Jales. Não estou aqui para julgá-lo, para dizer o que é certo ou errado. Quem tem esse papel é a Justiça. Mas reforço que não compactuo com nenhum ato de corrupção e nenhuma forma de ação, no que tange a gestão, que não seja pela dignidade e pela ética”, frisou Washington Mesquita. Encerrando o comunicado, Washington Mesquita pediu atenção aos parlamentares presentes para que “se tiver alguma coisa que pese contra o deputado Washington Mesquita, peço aqui a todos os parlamentares e a Mesa Diretora que o Regimento Interno desta Casa seja usado, que a Comissão de Ética e a Corregedoria se manifestem e que seja deliberado em plenário. Estou com a minha consciência tranquila”. Nomeação O ex-administrador Carlos Jales assumiu o comando da Administração Regional de Taguatinga no dia 11 de outubro de 2011. Na época, o deputado Washington Mesquita escolheu o seu nome para ficar a frente da regional por ser uma pessoa que conhecia os problemas da cidade. “Jales era morador de Taguatinga há mais de 30 anos, sabia das necessidades e anseios dos moradores. Sem contar que ele trabalhou para que eu fosse eleito e que não constava em sua ficha nada que manchasse a sua conduta pessoal, familiar e cristã.”


Assessoria Deputado Whashigton Mesquita

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: